DESABAFO:

Hj eu tô mal… O dia hj foi uma merda… Um dos piores dos últimos tempos…
Bom…
Cá, Nanis, Má e Lê, valeu por comentarem.
Ahh, Cáaaa, valeuzãooo… Mó da hora o bagulho q aparece qnd entra no blog!!! Eee! Depois a gente c fala e acaba d arrumar meu blogui!🙂

Bom, nesses dias passados, não aconteceu porra nenhuma. Ah, a gente (fundão e inocentes) decretou SEMANA DO SACO CHEIO semana q vem. 9 dias pra vagabundear! Eu tô mó eskisita, kda vez + d saco cheio d td. Teve prova de kimik (me fudi) e prova de biologia (me fudi). Foda-c. Q c foda a escola. Q c foda o mundo. Cansei de estudar tanta merda inútil. PORRA DO CARALHO! Tô stressada d+! Ou, gente ó a situação: hj é dia 11, dia 31 é o último dia d inscrição da PUC e eu num tenho nem idéia do q prestar! Eu sou uma vagabunda msm! PORRAAA!
Hj é niver do Lê… Parabéns Lê… T adorooooo!

Hj foi assim: Acordei 8:30 da manhã. + é 1 caralho msm. Daí tava uma chuva e um frio do caralho, mó bom pra dormir. Só q eu tinha q ir comprar o ingresso do metallica. Meu pai me levou. Chegamos lá e tava chovendo mto, mto frio e uma fila gigantescaaaaaaa, q ia até atrás do credicard! BUCETA ARROMBADA! Eu fiquei puta, e desisti. Nem fudendo ia fik numa fila 3 hras pegando chuva e sem porra nenhuma pra fazer. Daí fui com meu pai no shopps morumbi. EU ODEIOOOO SHOPPINGGGGG! E tava cheio pra caralho, e teve q parar na parte descoberta do estacionamento. Porra. Fui na saraiva mega store v c tinha o ingresso do metallica. Tinha. Sabe qnt? 105 conto! VAI TOMÁ NO MEIO DO CUUUU! Fiquei + puta ainda. Meia só no credicard. Meu pai disse “foda-c” e foi comprar uma carteira. Eu fiquei puta com ele, com a chuva, com o ingresso. E claro, com o shopping lotado d criança chata e d menininhas bonitinhas putinhas e d mulheres nojentas. Me deu crise d choro. Eu não chorava há um tempo considerável. + hj tirei a diferença. Fiquei lá, encostada num canto do shopping lotado, mto puta da vida, sozinha, chorando até os 5°. Daí passava as “barbieszinhas” gostosinhas bonitinhas q usam roupa d marca e ficavam olhando… Vai tomá no cuuuuuuu! Q porra do caralho! Esse merda desse país capitalista consumista shoppinzeiro do caralhoooo! Esse monte de barbies fúteis d merda… E chorei, e chorei + e +. Meu pai ainda gritou comigo bastante. Meu, tô vendo não t mais ingresso qnd eu for comprar. Eu me mato… Sério, eu não sei o q faço. Bostaaaaa!
Depois eu acalmei e tal. A não ser pelo fato d eu andar pelo shopping quieta, sem roupas d marca, e as pattyzinhas ficarem me olhando. Q vontade d mandar tomar no cu. Gente fútil, escrotaaa! Eu odeio esse tipo d gente! O raça desgraçada.
Ainda fui com meu pai no COMPRE BEM, q tava cheio até o cu, e tinha uma muié chata cantando músicas mto escrotas, e akele mto d bebê gritando, e akele cheiro d cc, akelas filas d 1 km… Vai c fudê!
Vim pra casa e fui dormir, pq eu já tava com dor d cabeça. Daí me deu mais uma crise d choro… Mais agora não foi d raiva. Deixa eu tentar explicar: eu me odeio e me amo… como assim? eu explico: Eu amo o meu jeito de ser, d falar, d viver, d pensar… Td… Internamente, estou plenamente satisfeita. Mais externamente… Dizem q “o corpo é o espelho da alma”. + eu não me enquadro nesse “dito”. Eu me odeio fisicamente. Sério. E é fisicamente q as pessoas t olham. E isso me irrita. Eu me odeio fisicamente, mas sei lá, foda-c, isso não importa pq eu tô mto satisfeita com “my mind”. Eu detesto ficar mto perto d qq pessoa, detesto q me olhem diretamente no rosto, ou em qq outro lugar, pq eu não gosto disso. Eu não gosto q fiquem me medindo, me olhando. Só quero q me ouçam, q me dêem atenção. Não gosto d nd desse corpo q “deus me deu” (láááá” dãrrr)… E não é emagrecendo ou melhorando a pele q isso vai adiantar. Q c foda meu, pra mim isso é o q menos importa, aliás, não me importa nem 1 pouco. E daí vem meus “amiguinhos” e ficam falando “pô, eu gosto d mina gata e gostosa e sei lá o q”. E daí eu penso: “Como existe tanta gente fútil no mundo”? Será q só eu no mundo penso assim? Pq pra td mundo o q importa é: “nosso, q cara lindu!” ou “nossa q olhos azuis fantásticos” ou “nossa q mina linda”! Pq ninguém nunca fala: “nossa, q cara engraçado” ou “nossa, q mina inteligente!” ou então “puxa, q conversa agradável”! Vcs querem corpinhos ou cérebros? Puta q pariu! Eu não sou bonita, nunca serei e me orgulho d não ser, pq td mundo bonitinho d+ é fútil, e não tem jeito. Já os feios, conquistam as pessoas pelas suas idéias, pelas suas conversas, pelos seus gostos, pelas suas risadas! E a bonitinha? Vai pra balada, “cata” um monte e pronto… E conversas? E planos? Tsc, tsc, tsc… Tô revoltada com td isso, mas é mto mais fácil fazer uma revolução do q mudar a cabeça das pessoas, ainda mais qnd c trata da maioria esmagadora da população mundial. Eu gosto do q eu sou e não do q o meu corpo diz q eu sou. Eu sou o q eu penso, o q eu falo, o q eu ESCREVO. E não um rosto, um corpo. O sistema tranformou as pessoas e suas emoções em mercadorias e td mundo c deixa levar por isso! Pq agora escolher uma pessoa pra ficar junto, é q nem comprar uma roupa: vc pega a mais bonita e leva! Mais eu não, nunca vou me conformar com esse tipo d coisa. Pq eu tenho cabeça. E sei q eu não sou a única q pensa desse jeito, mas uma das únicas. Admiro do fundo da alma quem pense assim. Quem não pensa assim (aliás, não pensa), desprezo…

E é isso. Esse foi um dos bagulho mais PUNK ROCK q eu já escrevi. Tô com o olho doendo e a cabeça latejando, mais agora eu sei d td, eu enxergo td.
Então chega… Nd d recados, nem música hj. Só quero paz.
Já escrevi td o q eu penso, com td a sinceridade q eu me orgulho em ter. E é isso.
Obrigado por ler…
Um bjão gente.

6 comentários sobre “

  1. Nani disse:

    “obrigado por ler??”
    eu num li tudo… soh um poko…
    c num foi bagulho… troxa… perdeu
    foi foda… hahaha

  2. disse:

    Eu to ligada o quanto é foda ser diferente, e eu acabei pegando gosto pela coisa… eu adoro a sensação das pessoas me acharem esquisita… sei lá, é uma maneira de dizer pro mundo “eu não sou mais um produto”, sabe? Eu gosto tanto disso que quando eu tô mto puta da vida ou mto triste, eu visto as roupas mais esquisitas (ao ver dos outros, é claro, pq eu amo todas as minhas roupas) q se possa imaginar, só pra todo mundo ficar olhando….
    Bom, sei lá, é só a minha maneira de lidar com isso, eu não sei como é a sua, mas procura naum se revoltar tanto e nem se estressar tanto com essas coisas…. todos esses “produtos” não merecem nem um pingo do stress q vc tah tendo por eles…
    Te adoro e te cuida, menina! E depois a gente conversa sobre as mudanças no seu blog…
    Bjuzzzz

  3. Halzinha disse:

    Concordo com a Cá.. Sabe, ana c num deveria ter tanto strss por isso…. É stressante, é… Mas não digno de SEU stress…….. C tem coisas bem mais interessantes pra pensar, né??????
    Tipowwwwww, isso tudo é sistema, e ngm muda……..
    Bjos.. Se cuida!

  4. sucubus disse:

    gordo punk!
    😛

    anaaaaaa… eu tava 100 cp… mauzis… axxxo q tá td fudio e a porra o mundu nuk vai melhora… nois preçiza de um lider… e tá foda oje em dia… q td mund çó c droga e pença em bunda… eu q num vô te filhus! imajina elas ter q paçar por td eçe mundo maldito cum a aflição de çaber que praçiza fazer alguma coisa, mais num çabe nem por ond começar!?!?!?! pro caralho cum iço!!!
    por iço q bob dylan é foda… óia:
    “você trouxe o pior medo, que poderia ter sido conçebido, o medo de ter crianças, neçe mundo.
    por tratar meu bebê, abortado e sem nome, você não vale o sangue que corre em suas veias.”
    -masters of war-
    ai q foda…
    meu… çab q q eu axo? q vc é bunita… e naum é çó eu naum viu?!
    eu tbm me axo bunitinha… + é realmente o q minha mãe fala… eu tento me deixar feia… + ela axa q é pra xamar atenção… aí é q ela erra… talvez eu até me faça de feioza… + num é pra porra de atençaum nenhuma… é pra darem valor pra mim, e naum pro meu corpo… num é obvio?(contraria á minha irma…)
    claro q c eu puzeçe makianjem q nem a maioria, uzaçe bluzas 5 numeros menores, e çaias á 2 dedos da calçinha eu xamaria muito mais atenção do q raspando minha çombrançelha e cortando minha franja… torta, mais cortei!😛
    é tudo uma grande massa devoradora de corpos… é culpa do sistema! pronto! “c vc foi mau na prova,vira pra tua mae e diz: ah mae, é culpa do sistema! c çeu caxorro cagou nu meio da çala, vira e diz: ah, é culpa do sistema!” auhahuahu marcos mión… q tempos bons neh…
    bjoooooo
    thu

  5. Isabella disse:

    Oi Ana. Li esse seu texto e fiquei completamente comovida.
    Qdo entrei no seu blig, logo imaginei ser de uma garota metidinha que adora falar “palavrões” para aparecer. Na verdade, eu nem ia ficar mto tempo por aqui, pq estava procurando o site de um amigo meu.
    Mas depois q percebi seu jeito “original” de ser, toda a idéia ruim q eu poderia ter feito de vc na minha mente se desfez.
    Só estou mandando esta msg pra te dizer que vc é mto autêntica. Msm só te “conhecendo” virtualmente, percebi que os “palavrões” são a forma de vc expressar sua angústia ao mundo fútil em que vivemos. Parabéns. Eu sou como vc, prefiro ver as pessoas interiormente primeiro. Prefiro mto mais ouvir um elogio que diga o qto eu sou inteligente, simpática ou divertida do que um simples comentário (fútil) de que eu sou bonita. Um dia, a beleza se vai… mais cedo ou mais tarde, todos nós sofreremos a lei da gravidade. A única coisa que pode nos salvar é a mente. Vc já tem a sua feita.
    Parabéns e obrigada por abrir minha mente…
    Isabella.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s